Destaques

Aeroporto de Fortaleza tem novos voos internacionais

A instalação do hub do grupo Air France/KLM, em parceria com a Gol Linhas Aéreas, em outubro de 2017, que ainda este ano terá seis frequências diárias para Paris e Amsterdã, já começa a trazer resultados positivos para o Aeroporto Internacional Pinto Martins. Isso porque, outras companhias aéreas nacionais e internacionais já estão se movimentando e anunciando as novas operações que pretendem implementar, ainda este ano no terminal aéreo da capital cearense. O aeroporto cearense está sendo administrado, desde o início deste mês, pelo grupo alemão Fraport AG, que venceu o leilão de concessão realizado pelo Governo Federal.

Além dos três voos semanais que serão operados pela Joon (subsidiária da Air France) para Paris e os outros três realizados pela KLM para Amsterdã, a partir de maio próximo, a parceira nacional dessas duas companhias, a Gol, revelou que terá voos diários, em novembro deste ano, para Miami e Orlando. Estas duas novas operações, aliadas à facilidade dos norte-americanos em retirarem o visto de permanência no Brasil eletronicamente, anunciado semana passada em Nova Iorque, deverão estabelecer uma nova relação com o mercado turístico dos Estados Unidos, que um dos principais emissores de viajantes do planeta e com um dos gastos per capita mais elevados.

Outros casos

A companhia Latam, que foi uma das primeiras a sentar à mesa de negociações com o Governo do Ceará, com o objetivo de implantar um hub no aeroporto da capital cearense, e que já tem dois voos semanais para Miami, anunciou que vai ter um terceiro, a partir do dia 2 de maio próximo e, em novembro implantará duas frequências para Orlando, semanalmente. A Condor, que já tem um voo semanal para Frankfurt, inicia a segunda operação a partir do dia 6 de junho, do Pinto Martins.

Quem também anunciou dois novos voos internacionais do terminal aeroportuário de Fortaleza é a caboverdiana TACV, que terá mais duas frequências semanais para a cidade de Praia (capital de Cabo Verde), já a partir do mês que vem; além de um voo para a Ilha do Sal, que deverá decolar no dia 19 de março. “Fortaleza tem todas as condições de se tornar a porta de entrada do Nordeste, devido à sua posição geográfica, permitindo que aviões de grande porte, dos maiores players aéreos mundiais venham da Europa ou Estados Unidos e retornem no mesmo dia, baixando seus custos operacionais. Daqui, os passageiros podem seguir em voos de companhias brasileiras para seus destinos finais em todo o País e na América do Sul”, destacou o titular da Secretaria do Turismo (Setur), Arialdo Pinho.

Segundo um levantamento da Setur, além das companhias já citadas, também possuem voos internacionais ativos, partindo do Pinto Martins, a Avianca, com um voo para Bogotá (Colômbia); a Azul, com uma operação para Caiena (Guiana Francesa); a Gol, que tem um voo para Buenos Aires (Argentina) e a Meridiana, com uma decolagem para Milão (Itália). Todas estas companhias têm uma operação por semana. E a TAP tem voos diários para Lisboa (Portugal). Ou seja, quando todos estes voos estiverem em funcionamento, Fortaleza terá 43 operações por semana, para 13 destinos em quatro continentes (América do Norte, Europa, África e América do Sul).

Fonte: O Estado